quinta-feira, 30 de abril de 2015

QS 10000 Quiksilver Pro Saquarema

Powerade apresenta QS 10000 Quiksilver Pro Saquarema
Surfistas de 19 países vão invadir Saquarema para disputar a segunda etapa do ano com nível máximo de 10.000 pontos para o WSL Qualifying Series nas ondas poderosas da Praia de Itaúna
O estado do Rio de Janeiro vai se transformar na capital mundial do surfe a partir da próxima semana, com o Powerade apresenta Quiksilver Pro Saquarema começando na terça-feira na "Cidade do Surf" da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. 96 surfistas de 19 países vão disputar a segunda etapa de 10.000 pontos do World Surf League Qualifying Series 2015 na Praia de Itaúna, que é conhecida como Maracanã pela potência das suas ondas. O campeão será definido até o domingo (dia 10) e na segunda-feira já inicia o prazo da etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour, o Oi Rio Pro, que vai até 22 de maio na capital do Rio de Janeiro.
O Quiksilver Pro Saquarema será a primeira competição internacional a ser realizada no Brasil depois do título mundial conquistado por Gabriel Medina no ano passado. O limite de 96 participantes foi esgotado rapidamente e mais de trinta surfistas estão na lista de "alternates", para substituir alguma ausência. A maioria dos concorrentes ao título do QS 10.000 de Saquarema é da Austrália com 24 surfistas, contra 23 do Brasil. Estes dois países dividiram o alto do pódio nos seis anos da história do evento iniciada em 2009. O paulista Wiggolly Dantas igualou este placar no ano passado, conquistando o resultado mais importante da sua classificação para a elite dos top-34 da World Surf League.

Guigui, como é conhecido o surfista de Ubatuba, acabou com uma série de vitórias australianas que durava desde 2011. Kai Otton foi quem encerrou uma hegemonia catarinense nas ondas de Itaúna, construída por Neco Padaratz e Willian Cardoso, que venceram as duas primeiras edições do evento em 2009 e 2010, respectivamente. Depois de Kai Otton, Matt Wilkinson foi o campeão no ano seguinte e Mitch Coleborn repetiu o feito em 2013. O defensor do título, Wiggolly Dantas, é um dos três integrantes da "seleção brasileira" do WCT confirmados no Quiksilver Pro Saquarema apresentado pela Powerade. Os outros são os potiguares Jadson André e Italo Ferreira.

Quase metade da elite dos top-34 do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour vai desafiar as esquerdas poderosas da Praia de Itaúna, antes de competirem na etapa brasileira do CT que será realizada na semana seguinte ao QS 10000 de Saquarema, de 11 a 22 de maio no Postinho da Barra da Tijuca, na capital do Rio de Janeiro. São dezesseis no total, os três brasileiros, o líder do ranking do WSL Qualifying Series, Kolohe Andino, o também norte-americano Brett Simpson, os australianos Adrian Buchan, Matt Wilkinson, Adam Melling e Matt Banting, os havaianos Sebastian Zietz, Fredrick Patacchia, Keanu Asing e Dusty Payne, o francês Jeremy Flores, o irlandês Glenn Hall e o neozelandês Ricardo Christie.

DEZENOVE PAÍSES - O Quiksilver Pro Saquarema vai promover mais um grande confronto internacional entre competidores de dezenove países. Os 23 brasileiros vão tentar o quarto título verde-amarelo na Praia de Itaúna contra 73 estrangeiros, sendo 24 da Austrália, onze dos Estados Unidos, nove do Havaí, sete de Portugal, quatro da França, dois da Espanha, dois da Argentina, dois do Japão, dois da Nova Zelândia, dois da Costa Rica, com outros oito países comparecendo com um representante cada, Uruguai, África do Sul, Irlanda, Marrocos, Taiti e ilhas Canárias, Guadalupe e Reunião.

Os 96 competidores são divididos nas 24 baterias e os dois primeiros colocados em cada avançam para a segunda rodada da competição. Nas etapas do QS 10.000 como a de Saquarema, até os últimos colocados nos confrontos da primeira fase recebem um mínimo de 750 dólares e 550 pontos pela participação, que vão aumentando a cada classificação. O Quiksilver Pro Saquarema oferece a maior premiação do WSL Qualifying Series, 250 mil dólares, com o campeão faturando 40 mil dólares e os 10.000 pontos no ranking que podem ser decisivos na disputa pelas dez vagas para a elite dos top-34 da World Surf League.

Quatro brasileiros fazem parte desta lista após as oito etapas disputadas este ano, o catarinense Alejo Muniz em segundo lugar, o pernambucano Ian Gouveia em quarto, o carioca Pedro Henrique em oitavo e o paulista Deivid Silva na nona e penúltima colocação no G-10 do WSL Qualifying Series. Os outros que estão se classificando pelo ranking de acesso para o WCT são os norte-americanos Kolohe Andino (1.o) e Evan Geiselman (7.o), os australianos Jack Freestone (3.o), Stu Kennedy (6.o), Ryan Callinan (10.o) e o taitiano Mateia Hiquily (5.o). Esta relação poderá chegar a Saquarema bastante modificada, pois nesta semana está acontecendo o primeiro QS 10.000 do ano em Lower Trestles, na Califórnia, Estados Unidos.

Video-teaser com os melhores momentos do ano passado na Praia de Itaúna: http://youtu.be/Xdl-Izjl-50

O POWERADE apresenta QUIKSILVER PRO SAQUAREMA 2015 é uma realização da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro - Lei de Incentivo ao Esporte, Prefeitura Municipal de Saquarema. O apoio é da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e Associação de Surf de Saquarema (ASS). O evento será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com.

SOBRE A QUIKSILVER - A Quiksilver foi fundada em 1969 e está sediada em Huntington, na Califórnia, Estados Unidos. A marca desenvolve e distribui em todos os continentes uma linha ampla de produtos que inclui roupas, calçados e acessórios voltados para homens, mulheres e crianças. O grupo também inclui as marcas Roxy e DC Shoes e é reconhecido por oferecer produtos de qualidade voltados para praticantes de esportes com pranchas e para os adeptos da natureza, que buscam um estilo de vida proveniente de esportes ao ar livre como surf, skate, snowboarder, BMX, entre outros.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - a World Surf League (WSL) organiza as competições anuais de surfe profissional e as transmissões ao vivo de cada etapa pelo worldsurfleague.com, com todo o drama e aventura do surfe competitivo em qualquer lugar e na hora que acontecer. As sanções da WSL são para os circuitos: World Surf League Championship Tour (CT), que define os campeões mundiais da temporada, Qualifying Series (QS), Big Wave Tour, Longboard e Pro Junior. A organização da WSL está sediada em Santa Monica, Califórnia, com escritório comercial em Nova York, além de sete escritórios regionais de apoio na organização dos eventos, na América do Norte, Havaí, América do Sul, Europa, Austrália, África e Ásia.

————————————————————————
João Carvalho - WSL South America Media Officer

Assessoria do Quiksilver Pro Saquarema:
Roberta Pinto
————————————————————————

CAMPEÕES DO MUNDIAL WQS EM SAQUAREMA:
2014: Wiggolly Dantas (BRA) no Powerade apresenta Quiksilver Saquarema Prime
2013: Mitch Coleborn (AUS) no Coca-Cola apresenta Quiksilver Saquarema Prime
2012: Matt Wilkinson (AUS) no Coca-Cola apresenta Quiksilver Saquarema Prime
2011: Kai Otton (AUS) no Coca-Cola apresenta Oakley Saquarema Prime
2010: Willian Cardoso (BRA) no ASP 6-Star Coca-Cola Saquarema Pro
2009: Neco Padaratz (BRA) no ASP 6-Star Coca-Cola Saquarema Pro

PARTICIPANTES DO QS 10000 QUIKSILVER PRO SAQUAREMA DIVIDIDOS POR PAÍSES:
---------------por ordem do ‘seeding’ ou ranking de entradas que define os cabeças de chave:

AUSTRÁLIA - 24: 4 tops do CT, Adrian Buchan (02), Matt Wilkinson (06), Adam Melling (07) e Matt Banting (08), Garrett Parkes (17), Jack Freestone (18), Davey Cathels (28), Nathan Hedge (30), Stu Kennedy (33), Dion Atkinson (35), Yadin Nicol (38), Mitch Crews (49), Wade Carmichael (50), Brent Dorrington (51), Connor O´Leary (55), Tom Whitaker (59), Ryan Callinan (60), Mitch Coleborn (61), Perth Standlick (64), Cahill Bell-Warren (75), Thomas Woods (80), Cooper Chapman (86), Soli Bailey (90), Micheal Wright (91)

BRASIL - 23: 3 tops do CT, Jadson André (05)-RN, Wiggolly Dantas (09)-SP e Italo Ferreira (10)-RN, Tomas Hermes (16)-SC, Jessé Mendes (20)-SP, Willian Cardoso (24)-SC, Heitor Alves (39)-CE, Caio Ibelli (40)-SP, Alex Ribeiro (45)-SP, Alejo Muniz (46)-SC, Michael Rodrigues (48)-CE, David do Carmo (53)-SP, Lucas Silveira (63)-RJ, Krystian Kymerson (66)-ES, Ian Gouveia (67)-PE, Marco Fernandez (68)-BA, Deivid Silva (73)-SP, Jean da Silva (74)-SC, Hizunomê Bettero (77)-SP, Bino Lopes (78)-BA, Thiago Camarão (81)-SP, Messias Felix (95)-CE, wildcard do evento (96)

ESTADOS UNIDOS - 11: com 2 tops do CT, Kolohe Andino (01) e Brett Simpson (14), Tim Reyes (23), Michael Dunphy (26), Patrick Gudauskas (31), Tanner Gudauskas (41), Chris Ward (42), Conner Coffin (71), Nathan Yeomans (79), Luke Davis (82), Kanoa Igarashi (85),

HAVAÍ - 09: 4 tops do CT, Sebastian Zietz (03), Fredrick Patacchia (04), Keanu Asing (11) e Dusty Payne (12), Torrey Meister (29), Mason Ho (65), Granger Larsen (69), Tanner Hendrickson (76) e Ezekiel Lau (95)

PORTUGAL - 07: Tiago Pires (34), Frederico Morais (36), Vasco Ribeiro (47), Nic Von Rupp (56), José Ferreira (70), Marlon Lipke (72) e Tomas Fernandes (89)

FRANÇA - 04: o top do CT Jeremy Flores (13), Joan Duru (19), Maxime Huscenot (32) e Marc Lacomare (58)

NOVA ZELÂNDIA - 02: o top do CT Ricardo Christie (15), Billy Stairmand (27)
COSTA RICA - 02: Carlos Munoz (25) e Noe Mar McGonagle (54)
ESPANHA - 02: Gony Zubizareta (43) e Aritz Aranburu (52)
ARGENTINA - 02: Santiago Muniz (44) e Leandro Usuna (94)
JAPÃO - 02: Hiroto Ohhara (83) e Takumi Yasui (88)
IRLANDA: só o top do CT, Glenn Hall (62)
GUADALUPE: Charles Martin (21)
ILHAS CANARIAS: Jonathan Gonzalez (22)
AFRICA DO SUL: Beyrick De Vries (37)
MARROCOS: Ramzi Boukhiam (57)
ILHA REUNIÃO: Medi Veminardi (84)
TAITI : Mateia Hiquily (87)
URUGUAI: Marco Giorgi (93)

G-10 DO WORLD SURF LEAGUE QUALIFYING SERIES 2015 - 8 etapas:
1.o: Kolohe Andino (EUA) - 8.260 pontos
2.o: Alejo Muniz (BRA) - 7.550
3.o: Jack Freestone (AUS) - 6.050
4.o: Ian Gouveia (BRA) - 5.030
5.o: Mateia Hiquily (TAH) - 4.920
6.o: Stu Kennedy (AUS) - 4.595
7.o: Evan Geiselman (EUA) - 4.265
8.o: Pedro Henrique (BRA) - 4.160
9.o: Deivid Silva (BRA) - 3.960
10.o: Ryan Callinan (AUS) - 3.950
----------próximos sul-americanos até 100:
12: Jessé Mendes (BRA) - 3.650 pontos
17: Michael Rodrigues (BRA) - 3.380
19: Miguel Tudela (PER) - 3.110
20: Luel Felipe (BRA) - 3.030
31: Thiago Camarão (BRA) - 2.530
33: Hizunomê Bettero (BRA) - 2.490
38: Lucas Silveira (BRA) - 2.245
42: Jean da Silva (BRA) - 2.060
43: Alan Donato (BRA) - 2.040
46: Victor Bernardo (BRA) - 1.955
47: Willian Cardoso (BRA) - 1.950
49: Rafael Teixeira (BRA) - 1.930
53: Caio Ibelli (BRA) - 1.750
60: Leandro Usuna (ARG) - 1.620
67: Robson Santos (BRA) - 1.500
68: Matheus Navarro (BRA) - 1.460
71: Marco Giorgi (URU) - 1.430
72: Alex Ribeiro (BRA) - 1.420
76: David do Carmo (BRA) - 1.400
83: Santiago Muniz (ARG) - 1.265
84: Francisco Bellorin (VEN) - 1.260
89: Thiago Guimarães (BRA) - 1.200
93: Halley Batista (BRA) - 1.150
97: Tomas Hermes (BRA) - 1.100

0 comentários:

Postar um comentário

COMPARTILHE!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More